venerdì, dicembre 28, 2012

Backpfeife é tapa na cara. E um Backpfeifengesicht tem aquela pessoa que conseguiu endoidar até a sua cabeca.


Account by Czeslaw Milosz
The history of my stupidity would fill many volumes.


Some would be devoted to acting against consciousness,
Like the flight of a moth which, had it known,
Would have tended nevertheless toward the candle's flame.

Others would deal with ways to silence anxiety,
The little whisper which, though it is a warning, is ignored.

I would deal separately with satisfaction and pride,
The time when I was among their adherents
Who strut victoriously, unsuspecting.

But all of them would have one subject, desire,
If only my own -- but no, not at all; alas,
I was driven because I wanted to be like others.
I was afraid of what was wild and indecent in me.

The history of my stupidity will not be written.
For one thing, it's late. 

And the truth is laborious.


Berkeley, 1980.

mercoledì, dicembre 19, 2012

HÄTSCHELKIND AM I


 Peace did not come into my life
 My life escaped
 and peace was there.

Often I bump into my life,
 trying to catch its breath,
 pay a bill,
 or tolerate the news,
 tripping as usual
 over the cables
 of someone’s beauty

 My little life;
 so loyal,
 so devoted to its obscure purposes
 And, I hasten to report,
 doing fine without me.


AND IT WAS LIKE THIS.  BUT A THOUSAND TIMES LIGHTER.  A THOUSAND TIMES SOFTER.  A THOUSAND TIMES  HOLIER. 


venerdì, dicembre 07, 2012

the last drink I never should'VE drunk.


You are my secrets on the front page every week.
You are the car I never should have bought.
You are the train I never should have caught.
You are the cut that makes me hide my face.
You are the party that makes me feel my age.

AS PEQUENAS DESGRAÇAS DE SE VIVER COM CONSCIÊNCIA.  DE SE NÃO PODER ELIMINAR DA ROTINA RECENTE AS NOVE-HORAS.  

lunedì, dicembre 03, 2012

venerdì, novembre 09, 2012

6161




DO NOT DECODE THESE CRIES OF MINE -
THEY ARE THE ROAD, AND NOT THE SIGN.

NOR DECONSTRUCT MY DRUGLESS HIGH,
I'M SOBER BUT 
I LIKE TO FLY


GOLPE DE ESTADO ARQUITETADO EM CADA UM DE SEUS PARTICULARES EM DESFAVOR DE SUA EXCELÊNCIA, A CONSCIÊNCIA.  O INFERNO TÃO GRANDE DE SE PRECISAR, PARA 'OS ATOS DA VIDA CIVIL', TOMAR CONHECIMENTO DAS SITUAÇÕES TODAS.

AS PEQUENAS VIOLÊNCIAS IMPLOSIVAS.  E A PAZ DAS PEQUENAS VIOLÊNCIAS IMPLOSIVAS.

giovedì, novembre 01, 2012

M 1C 3M 2C :: 3M 3C

 
I sit here
At the window
Waiting for you
To come jogging past
In your crucifix uniform

 
You remind me of myself
Perhaps (I wonder aimlessly)
I could comfort you
I love the furrows between your eyes
And the ravages of anxiety

Across your clencheD expression
You have the new face
The coming face
The face of no objective experience

And you have chosen the path of muscle
Toward your sorrow
How private you are
In the minds of everyone

 I salute you
 Brave Spirit
Who has swallowed so much
And tasted so little.

SEMPRE ACHEI ROMPANTES ADORÁVEIS.   ...MAS NÃO AS RUÍNAS DA ANSIEDADE.  UM DESANUVIA O CORAÇÃO.  ...MAS, SÓ AQUELE.

mercoledì, ottobre 31, 2012


The sound of loneliness turned up to ten
A horror soundtrack from a stagnant water-bed
And it sounds just like this

This is the sound of someone losing the plot
Makin' out that they're okay when they're not

mercoledì, ottobre 24, 2012

an underground realm devoid of lies or pain ::: UNBECOMING


It's UNBECOMING to find you in a place of entertainment, trying to forget the tiny horror of the last million years.

Most of all: I dislike the brave violin scraping against the side of the massacre as if to INFER that THE KILLERS ARE WEAK AND THE VICTIMS WILL WIN.


It complicates the nightmare with a dream, it turns the nightmare OUTSIDE-IN.


DISCARD THE VIOLIN AND PUT AWAY YOUR COURAGE.




Haven’t you noticed how the thugs and the blood-drinkers are drawn to your courage?
It is a provocation in their sight.

Give it back to the rocks, to the mud, to THAT WHICH SUPPORTS THE MUD.



End this ugly experiment with the human heart!

[...]


sincerely hope we do not have to meet again at the next amusement.



COHEN (RESGATADO), TRAZENDO À PAUTA (do mês?) O NEON NA TESTA.  O AÇÚCAR E AS FORMIGAS.  

QUANTO AO VIOLINO, POSSO INTERPRETÁ-LO COMO QUISER, EU?  FAZER UMA METALINGUAGEM?  O PESADELO FEITO SONHO FEITO PESADELO FEITO LABIRINTO FEITO FAUNO?  POSSO CONFUNDIR O VIOLINO COM UM GONGO, E ARDER DE DESGOSTO, PORQUE O SOM É UM STACCATO, NÃO APLACA MINHA  CARÊNCIA (LANCINANTE) DE CONTINUIDADE?  PORQUE NÃO CONSIGO ENXERGAR COMO AS VÍTIMAS HÃO DE VENCER, SE A FUNDAÇÃO  DA LAMA É  ISSO, UM ESTAMPIDO SEM ECO?  

...

mercoledì, ottobre 17, 2012

GLÓRIA LEPROSA/DA LÓGICA À EPILEPSIA






EXISTEM OS QUE PAGAM  TODAS AS SUAS ALEGRIAS, QUE EXPIAM TODOS OS SEUS PRAZERES, QUE TÊM QUE PRESTAR CONTAS DE TODOS OS SEUS ESQUECIMENTOS: NÃO SERÃO JAMAIS DEVEDORES DE UM SÓ INSTANTE DE FELICIDADE.  MIL AMARGURAS COROARAM PARA ELES UM ESTREMECIMENTO DE VOLÚPIA COMO SE NÃO TIVESSEM DIREITO ÀS DOÇURAS PERMITIDAS, COMO SE SUAS ENTREGAS PUSESSEM EM PERIGO O EQUILÍBRIO BESTIAL DO MUNDO...  FORAM FELIZES EM MEIO A UMA PAISAGEM? - LAMENTARÃO EM IMINENTES DESGOSTOS; ESTIVERAM ORGULHOSOS DE SEUS PROJETOS E DE SEUS SONHOS?  DESPERTARÃO LOGO, COMO DE UMA UTOPIA, CORRIGIDOS POR SOFRIMENTOS DEMASIADO POSITIVOS.  

ASSIM, HÁ SACRIFICADOS QUE PAGAM A INCONSCIÊNCIA DOS OUTROS, QUE EXPIAM NÃO SOMENTE SUA PRÓPRIA FELICIDADE, MAS TAMBÉM A DE DESCONHECIDOS.  O EQUILÍBRIO SE RESTABELECE DESTA MANEIRA; A PROPORÇÃO DAS ALEGRIAS E DAS PENAS TORNA-SE HARMONIOSA.  SE UM OBSCURO PRINCÍPIO UNIVERSAL DECRETOU QUE PERTENCERÁS AO GRUPO DAS VÍTIMAS, ANDARÁS AO LONGO DE TEUS DIAS PISOTEANDO O BOCADINHO DE PARAÍSO QUE ESCONDIAS DENTRO DE TI(...), SÓ SERÁS DIGNO DE UMA GLÓRIA LEPROSA E DE UMA COROA DE BABA.

JÁ PERTENCI AO GRUPO DOS SACRIFICADOS, DOS SOMMERSI.  AGORA CAPITANEIO A ALA DOS SALVATI.  SEM PUDORES, BATENDO DA BARRA DAS CALÇAS O SANGUE DOS MEUS.  DA MINHA.  

E SE HOJE O PROCLAMO, ASSIM, PEITO ABERTO, SOB ESTE CÉU HORRENDO, É PORQUE JÁ RASGUEI O MIOLO NESSA MESMA ENCOSTA, NO OUTRO LADO DO MUNDO.  E DECIDI NÃO QUE 'A VIDA É SÓ UMA', MAS QUE O 'SÊ TEU FILHO' AFOFA A GENTE.  E MEUS MEUS MERECEM ESSA ESPÉCIE DE AFAGO INDIRETO.  MEU.


lunedì, ottobre 01, 2012

ES.CA.LA.VRAR



Maybe what is present usurps what becomes absent, and maybe the absence of obfuscatory things reveals what is present. Either way, you are less than yourself and in the clutches of something alien. Too often, treatments address only half the problem: they focus only on the presence or only on the absence. It is necessary both to cut away that extra thousand pounds of the vines and to relearn a root system and the techniques of photosynthesis.

venerdì, settembre 28, 2012

 
 
 
 
“The beauty of flames lies in their strange play, beyond all proportion and harmony. Their diaphanous flare symbolizes at once grace and tragedy, innocence and despair, sadness and voluptuousness. The burning transcendence has something of the lightness of great purifications. I wish the fiery transcendence would carry me up and throw me into a sea of flames, where, consumed by their delicate and insidious tongues, I would die an ecstatic death. The beauty of flames creates the illusion of a pure, sublime death similar to the light of dawn. Immaterial, death in flames is like a burning of light, graceful wings. Do only butterflies die in flames? What about those devoured by the flames within them?”

CURUMINHA




Tornar azeite o leite
Do peito que mirraste
No chão que engatinhaste, salpicar
Mil cacos de vidro

Pelo cordão perdido
Te recolher pra sempre
À escuridão do ventre, curuminha
De onde não deverias
NUNCA TER SAÍDO


INDA NÃO CHEGUEI A ESSA gulodice do mais fino sonhoA ESSA cruel necessidade de amar, À malignidade de nosso desejo de ser feliz, À ferocidade com que queremos brincar .  MAS ADMITO UM MEDO TREMENDO DISSO TUDO.  DE QUERER FERIR, SEM SABER QUE BEM HÁ NISSO, E SE HÁ.   DE NÃO CONDENAR QUEM SOFRE DE MÜNCHAUSEN, E MESMO PREVER-ME SOLIDÁRIA, PORQUE ENTENDO HAVER NASCIDO PARA CUIDAR.  PARA BUSCAR O ALÍVIO ALHEIO, PARA VELAR SONO E TIRAR DA MINHA BOCA (JÁ O FIZ. FIGURATIVAMENTE, INCLUSIVE)   PARA DAR A UMA OUTRA.  E NESSA BENQUERENÇA TODA, O ANTÍDOTO DO DEMÔNIO:  Salvation? Whatever diminishes the kingdom of consciousness and compromises its supremacy. 



giovedì, settembre 20, 2012

MANÚBRIO



AN OLD FRIEND, A BUM OR, IF YOU PREFER, AN ITINERANT MUSICIAN, HAVING RETURNED TO SPEND SOME TIME WITH HIS PARENTS IN THE ARDENNES, WAS PROVOKED BY SOME TRIFLE TO QUARREL WITH HIS MOTHER, A RETIRED SCHOOLTEACHER, JUST AS SHE WAS GETTING READY TO GO TO MASS.  BESIDE HERSELF, MUTE AND PALE, SHE FLUNG DOWN HER HAT, HER COAT, THEN HER BLOUSE, HER SKIRT, HER UNDERWEAR AND STOCKINGS, AND STARK NAKED PERFORMED A LASCIVIOUS DANCE BEFORE HER HORRIFIED HUSBAND AND SON PRESSED AGAINST THE WALL, INCAPABLE OF STOPPING HER WITH A GESTURE, A WORD.  THE PERFORMANCE OVER, SHE COLLAPSED INTO A CHAIR AND BURST INTO SOBS.

MAIS DO QUE.  DO QUÊ.

HOJE EU ENXERGO ESSA IMPRESCINDIBILIDADE DOS ARROUBOS, E ME REGOZIJO NELES. PORQUE RESPEITO-LHES O MOMENTO, E ELES ME REDIMEM DO ESTIGMA DE VOLUNTARIOSA - INDA QUE O MUNDO INTEIRO DIGA O CONTRÁRIO.  EM VERDADE, EU NÃO DEIXO (MAIS) É QUE OS GRANDES SILÊNCIOS ABOCANHEM A BELEZA TÃO GRANDE DA SUPERAÇÃO.  DE UM MAU DIA. OU DE UMA VONTADE TREMENDA DE MANIFESTAR AFETO A QUEM O DESCONHECIA DE TODO, E ENRUBESCE, PROCURANDO, EM MEU LUGAR, JUSTIFICATIVAS.  EMBALDE.
 

DOISmilMILHÕES


MY DISORDERS, MY FATIGUES, MY FORCED INTEREST IN PHYSIOLOGY HAVE LED ME TO SCORN ALL SPECULATION AS SUCH.  AND IF, DURING SO MANY YEARS, I HAVE MADE NO PROGRESS IN ANY DIRECTION, AT LEAST I SHALL HAVE LEARNED WHAT IT IS TO HAVE A BODY.
*
ACREDITO, E MUITO E SEMPRE E TANTO, ESTAR PLENA E SOLENEMENTE JUSTIFICADA.  UM FIM ÀS DÚVIDAS.  

.

domenica, agosto 26, 2012

SCIA (QUANDO PIÙ NON C'È QUELLA VOGLIA DI ANDAR' VIA)



.
IF ONLY WE COULD RETURN TO THOSE AGES WHEN NO UTTERANCE SHACKLED EXISTENCE, TO THE LACONISM OF INTERJECTIONS, TO THE JOYOUS STUPOR OF THE PREVERBAL!
.
O SILÊNCIO [E JÁ O ESCREVI, MESMO EU (E TALVEZ PRECISAMENTE POR ISTO), QUE TROCO PARAÍSOS POR UMA BOA VOZ] É UM PRESENTE ESTUPENDO ('stupor', com o seu ST, lasciando scia), A QUE NUNCA SE CONFERIU/CONFERE O VALOR MERECIDO.  
 
NUMA MONARQUIA DE DIMENSÕES RIDICULAMENTE DIMINUTAS, EM QUE A SUPREMA MANDATÁRIA FOSSE EU - OU AINDA HERR G., QUE NESTE PARTICULAR ME APÓIA -, CALAVAM-SE TODOS.  NÃO APENAS ISSO COMO OS CUMPRIMENTOS MATINAIS, SOB PENA DE BANIMENTO, NÃO PASSARIAM DE PISCADAS. NUNCA MAIS DO QUE ISSO.
 
...ATÉ QUE SE APRENDESSE QUE É SAUDÁVEL, AO CORAÇÃO, OUVIR APENAS O QUE ESCOLHE.
 
 

sabato, agosto 25, 2012

DRIVING TO L.A. TONIGHT


 
AND HE BERATES THEM FOR THAT. 

DAMIT - blickdichte gardinen


I leave Sisyphus at the foot of the mountain. One always finds one's burden again. But Sisyphus teaches the higher fidelity that negates the gods and raises rocks. He too concludes that all is well. This universe henceforth without a master seems to him neither sterile nor futile. Each atom of that stone, each mineral flake of that night-filled mountain, in itself, forms a world. The struggle itself toward the heights is enough to fill a man's heart. One must imagine Sisyphus happy.


ISSO É CONTRACORRENTE.  LEVANTANDO HIPÓTESE ENCANTADORA, A DE QUE NA NÃO-IGNORÂNCIA (SABE-SE LÁ COMO REDUZIR ISSO TUDO A PALAVRA ÚNICA, SEM GRANDE ERRO) É POSSÍVEL RESIDIR ALGUMA FELICIDADE.  NO SABER PRECISO DAS DIMENSÕES DO CASTIGO.   A DÚVIDA, ENTÃO, FICA POR CONTA DE COMO SE ENTENDE 'FELICIDADE.'   



venerdì, agosto 24, 2012

CLÁUSULA RESOLUTÓRIA TÁCITA :: SCACCO MATTO


POR QUE EU AMO PARIS

EU AMO PARIS PORQUE É UM TEXAS SEM NENHUM VÍNCULO COM O TEXAS IMAGINADO. EU AMO ESTA MINHA PARIS PORQUE, OLHANDO A FIGURA ACIMA, DECIDI  CONFERIR ALGUMA UTILIDADE À LEGIÃO DE TUBOS DE COLA COLORIDA QUE VENHO COMPRANDO AO LONGO DOS MESES.  VOU ENXAGUAR, DO SABONETE BOM, AS COSTAS E DESENHAR NEM UM SOL OU UMA MÁSCARA QUE CHORA.  VOU PENSAR EM IMAGEM GRANDE, QUE CHOQUE OS MATTI.  

.

giovedì, agosto 23, 2012

ZUFRIEDEN?



Num abrir e fechar de olhos todo o amor está presente e eterno, ou então não existe. Tudo quanto é divino e tudo quanto é belo se manifesta leviano e fugaz. A felicidade não se amontoa como dinheiro e outras matérias, mediante comportamento conseqüente. A felicidade surpreende-nos, como a música nascida do éter aparece para logo desaparecer.
FRIEDRICH SCHLEGEL

E (VOCÊ) JÁ O QUIS DIFERENTE? DIVERSO DO AMORE A ORE, DALLE CINQUE ALLE SETTE?  AQUILO QUE ME NARROU O PROFESSOR, ATRIBUINDO-O A FREUD, ACERCA DA VIDA-ÚTIL DOS RELACIONAMENTOS TODOS?  A GENTE SE DESAPAIXONANDO AO FIM DE UM PAR DE ANOS, EM RESIGNAÇÃO MADURA E FRIA, DADO QUE MAIS DEAMBULAM, MAIS ALMAS AVULSAS, A PENA EXTINTA PELOS DOIS LADOS, COMO UM ALVARÁ DE SOLTURA DE FINA RENDA, QUE FAZ DESAPARECER, DE PRONTO,  O PIANO AFINAL DESCIDO DOS OMBROS DOS SUJEITOS CONTRATUAIS.

venerdì, agosto 03, 2012

écriture automatique was HER sole foible


...PUR NEL CUORE DELL'EDEN, IL PROMOTORE DELLA NOSTRA RAZZA DOVEVA SENTIRE UN CERTO MALESSERE: NON SI RIUSCIREBBE A SPIEGARE, ALTRIMENTI, LA FACILITÀ CON CUI CEDETTE ALLA TENTAZIONE.  VI CEDETTE? PIUTTOSTO LA INVOCÒ.  IN LUI SI MANIFESTAVA GIÀ QUELL'INATTITUDINE ALLA FELICITÀ, QUELL'INCAPACITÀ DI SOPPORTARLA CHE ABBIAMO TUTTI EREDITATO.  EGLI L'AVEVA SOTTOMANO, POTEVA FARLA SUA PER SEMPRE; LA RESPINSE, E DA ALLORA LA INSEGUIAMO SENZA RITROVARLA; E ANCHE SE LA RITROVASSIMO, NON CI ADATTEREMMO AD ESSA MEGLIO DI ALLORA.              


ENTÃO ISSO É A PAREDE DAS ARTÉRIAS.  ESSA BATALHA  COM A FELICIDADE VEM DE SEMPRE, E A ESTRANHEZA.  PIOR DO QUE ISSO: HÁ, DE FATO, UM MASOQUISMO  CONSCIENTE NA NEGAÇÃO PRIMEIRA - A QUE NOS CONDENOU SUMARIAMENTE.  


(...)SE FOSSIMO DECADUTI DA UN'INNOCENZA COMPLETA, TOTALE, INSOMMA VERA, LA RIMPIANGEREMMO CON UNA TALE VEEMENZA CHE NULLA POTREBBE AVERE LA MEGLIO SUL NOSTRO DESIDERIO DI RECUPERARLA; MA IL VELENO ERA GIÀ IN NOI ALL'INIZIO, UN MALE ANCORA INDISTINTO CHE SI SAREBBE POI DEFINITO IMPADRONENDOSI DI NOI E CI AVREBBE SEGNATI, CARATTERIZZATI PER SEMPRE.  


E É BATALHA QUE ENCAMPO, DE ARESTAS EMBOTADAS (POIS QUE NÃO DÓI), SEM REVOLTAS.  MARCADA A FERRO E SERENA.  PORQUE JUSTIFICADA.




.

ANTRACITA VON OCRASIA



WHAT GIVES ME THE ILLUSION OF NEVER HAVING BEEN DUPED IS THAT I HAVE NEVER LOVED ANYTHING WITHOUT HAVING THEREBY HATED IT.

O AMOR RETROALIMENTADO, CORROÍDO DE BILE PELO CAMINHO.  INDA QUE SEJA PELO QUE O TORNA AMOR.


FAZIA TEMPOS QUE EU NÃO VOLTAVA À MINHA LITERATURA.  MONSIEUR ENCKE INDAGOU-ME O QUE SE ME ESTAVA SENDO FEITO DAS FÉRIAS, E TIVE DE (ENFIM) CALAR.  


E HOJE, PERMANEÇA ESSE SOL ACIZENTADO OU VOLTE A CHOVER, TERMINO UM LIVRO E RETOMO PÁGINA QUE SEJA, DE ESTUDO.  DE OUTRO.  DISSOLVENDO A BILE.

.

giovedì, luglio 26, 2012

MA... HAI MICA DA DIRMI QUALCOSA..?.







CALL DIVERSION#2:


Amore a giorni, amore a ore. Amore a ore. Precariato d'amore. Amore a termine. Strano. Avevo sempre pensato che si amasse per sempre. Che fosse l'unica parola che non si può buttare via. [...] Povero scemo. E' così che ci si ama, per un morso di immortalità, per un istante, per fame, per poco, per niente, per scherzo. Per fare, per giocare, per dimenticare. Per gioco. E poi non ce lo ricordiamo più. [...]
Non lo sapevo, che si ama a giorni. O a ore. Ti amavo venerdì, ma ora non ti amo. Ti amavo alle sedici. Forse ti amerò dalle sette alle nove. Ma è vero che si ama tutti a ore, scriteriati e precari del sentimento, fingendo ogni volta che sia per sempre.

Amerò dalle 5 alle 7.

*

E FAZ VINTEOITO MINUTOS QUE JÁ SÃO CINCO DA TARDE.



mercoledì, luglio 04, 2012

HOPELESS MUMPSIMUS


come la realtà per chi vuole solo illudersi
amavo immensamente
i tuoi discorsi un po lunatici
e poi improvvisamente
sei andata via sei andata via
come il sonno quando c'è un pensiero fisso che ritorna
come la mia identità quando sto davanti a te

come l'incoscienza appena avverti un piccolo dolore
come quei particolari che non ricordiamo più

MAS TEM AMANHECIDO ÀS CINCO.  E MINHA IDENTIDADE NÃO SE DISSOLVE, NO QUE O ENCONTRO. MINHA IDENTIDADE, EM VERDADE, PARECE NUNCA HAVER SIDO SIGNIFICATIVA.  INDA MAIS QUANDO ME DETENHO NA NARRATIVA DOS DISCURSOS NÃO SEI SE VISIONÁRIOS OU INTEMPESTIVOS.  MAS, DISCURSOS.


domenica, giugno 17, 2012

BLAUJA/LOSO---ROTNEIN/NOLOSO/LO SO, MA MI FA MALE PENSARE SU QUESTO (ancora)





Você já percebeu o que acontecia entre os anos? 

Você percebeu, naquele segundo entre segundos, alguma coisa? 


Algo está faltando? Alguma coisa lhe pesa hoje? ...um passo dado?  

 Você já acenou mais de uma vez? Assim, com os cílios? 

Quem estará na varanda quando você for embora? 

E se você for muito cedo e chegar tarde demais? 


Você marca com cruzes o mapa nas estações onde já beijou alguém? 


O que acontece se você fechar os olhos? 


E onde está você agora? Você vai se lembrar daqui a seis meses que iogurte pela manhã era a grande sacada? 


Você pode fazer isso sozinho? Até onde EU vou?  Quem o está chamando para acordar? E se você perguntar ao taxista se ele já compôs uma música? O quão freqüentemente você vai aos lugares a pé? Você já riu de algum nome engraçado nos créditos (de algum filme)? 

Está fazendo alguma coisa para se machucar, AGORA? 

 Qual foi a hora em que nasceu, no outro extremo do continente? 


E quem você vai levar consigo?

-----------------------------------------------------------

E EU HOJE SOU O FÓSFORO FRIO, COMO É?  TODOS HAVEREM MORRIDO?  OU AS FLORES SECAS NA MINHA SACADA, DE QUE NÃO SEI (AINDA) ME DESVENCILHAR.  

E ISSO NÃO TEM, REITERO: HOJE, QUE VER COM RIBÉRY OU GUARDA-SÓIS PROTEGENDO DE CHUVISCO.  OU COM SEXTAS-FEIRAS ESTENDIDAS.  ISSO TEM QUE VER COM EXUMAÇÃO E QUEBRANTO.  COM AS TREVAS ETERNAS DA MENTE FARTA.  DE, CLARO, LEMBRANÇA.

DE TUDO QUANTO NÃO PODERIA.  SÓ QUE É.

noch einmal.




sabato, giugno 16, 2012

Ich hab das mal für dich gegoogled... von 1999!

 

Ich hab das mal für dich gegoogled... von 1999!

Ich hab das mal für dich gegoogled... von 1999!

Ich hab das mal für dich gegoogled... von 1999!

Ich hab das mal für dich gegoogled... von 1999!

Ich hab das mal für dich gegoogled... von 1999!

giovedì, giugno 14, 2012

ALTURAS DO DESESPERO, NA OITO



I feel that I am dying of solitude, of love, of despair, of hatred, of all that this world offers me. With every experience I expand like a balloon blown up beyond its capacity. The most terrifying intensification bursts into nothingness. You grow inside, you dilate madly until there are no boundaries left, you reach the edge of light, where light is stolen by night, and from that plenitude as in a savage whirlwind you are thrown straight into nothingness.

DE NOVO, O VAZIO.

martedì, giugno 12, 2012

ER IST ERSTAUNLICH!


I CALL DIBS ON THAT, SALAZAR. 


I used up all my chances
And you’ll never take me back
But there ain’t no harm in asking



Could you cut me one more slack?






.

domenica, giugno 10, 2012

o lendário iconoclasta


Love me
because love doesn't exist, and I have tried everything that does.


AND AFTER TRYING ALL EXISTING THINGS, I BUMP INTO THIS IDEA, THIS VERY UNSOPHISTICATED IDEA.  JUST SO AS TO BE ABLE TO DECLARE NOT A THING HAS WORKED.  




martedì, giugno 05, 2012

SANGRAND'OUVIDOS

Tell me again when I've been to the riverAnd I've taken the edge off my thirstTell me again we're alone and I'm listeningListening so hard that it hurts:
Tell me again when I'm clean and I'm sober


Tell me again when the victims are singingAnd the laws of remorse are restoredTell me again that you know what I'm thinkingBut vengeance belongs to the LordTell me again when I'm clean and I'm soberTell me again when I've seen through the horrorTell me again tell me over and overTell me that you'll love me then
ACREDITANDO APENAS SE ME É DITO O QUE JÁ SEI, O QUE TANGE SÓ A MIM.    mentre tu credi me solo se ti acontento.