martedì, dicembre 26, 2006

they don't know what they love or DESERVE to get

NO FUNDO, NO FUNDO, SABEM-NO. SÃO-ME CABIDOS, POR MÉRITO E SOFRIMENTO ANTIGOS: 1- UM DIA AMARELO, COMO O DE ONTEM, QUENTE E LONGO E DOCE E AFETADO; 2- OUTRO DOMINGO SOBRE RODAS, A ESMO; 3- A MINHA CRIA SUTURADA NAS MÃOS - EXANGUES; 4- CADA LINHA DO ROTEIRO DO MESMO FILME, QUE HOJE COMPLETA E DESCREVE A MINHA ROTINA, MAS COM TRILHA SONORA DE MINHA ESCOLHA, EM QUE SE CELEBRE "And she'll shine, once she's crossed the line, hands all tied to the chair"; 5- A DISPOSIÇÃO DE OUTRORA, DAS CINCO HORAS E VINTE MINUTOS COM QUE EU INICIE O DIA - PRIMOROSO -, IMENSO DE POSSIBILIDADES, E APENAS PARCIALMENTE DESCORTINADO, QUE É PARA O SUSPENSE - QUE É O SAL DA VIDA - REGER AS EXCLAMAÇÕES...

giovedì, dicembre 14, 2006

E A MINHA ALDEIA SE CHAMAVA UZ

MAS A JANGADINHA APORTOU, PASSADOS CEM DIAS, NA LUZ. E É AQUI QUE EU RESIDO, JÁ PERFEITAMENTE CONTEXTUALIZADA. MANSA E RETA. FELIZ. ...E QUEM É QUE DIRIA, DEPOIS DE TANTO SOLUÇO, E QUEM É QUE PREVIA...

MEU MANIQUEÍSMO , SEMPRE ADORÁVEL...

Construímos um altar; dos restos do altar fizemos um castelo; com as pedras do castelo estruturamos a fábrica; dos despojos da fábrica talvez façamos outro altar.Ao Supremo Tecnocrata. DAS PEDRAS DO MEU CASTELO EU MURAVA O MIOCÁRDIO, MAS COM A TERNURA RESPEITOSA - E POPULARIZADA - DO GUERRILHEIRO. CURIOSO COMO O TEMPO ENDURECE A GENTE. NÃO HÁ ARNICA QUE RESOLVA HEMATOMA NO QUEIXO, NÃO. A SAÍDA É SEMPRE O TEMPO. NEM CICATRENE, FIBRASE, FELDENE GEL... ISSO AQUI QUE SOFRERAM AS MINHAS CANELAS SÓ TERÁ ALÍVIO COM O TRANSCORRER DAS SEMANAS. TENHO EMBUTIDO NUM LIVRO DO FERNANDO SABINO - QUE ERA MEU BOM-DEMÔNIO NOS TEMPOS DE PRIMEIRO GRAU, EM PARELHA COM O CHICO - UM POEMA MUITO BONITO DO AUGUSTO FREDERICO SCHMIDT, QUE NÃO REENCONTRO POR NADA NESTE MUNDO, TENTE COM QUE LUPAS FOR, PROCURÁ-LO. ENFIM, DO QUE ME RECORDO, SEGUIAM OS VERSOS: 'O TEMPO CUIDARÁ DESTA FERIDA E O QUE HOJE SANGRA E DÓI ASSIM TÃO FUNDO IRÁ CICATRIZANDO E AMORTECENDO...' LÁ PELAS TANTAS, ELE MENCIONAVA ÁGUA QUE VIRA VINHO, E PRANTO QUE SE CONVERTE EM RISO. E NÃO SEI SE É PORQUE EU ERA NOVA DEMAIS - E PORTANTO IMPRESSIONÁVEL E MALEÁVEL FEITO UMA FOLHA DE PAPEL CREPOM -, MAS TRANCAFIEI O QUE LI NA GAVETA MIÚDA DO CORAÇÃO. MAIS LÚCIDA, UM POUCO, RECORRO AO MEU BOM FRANCÊS, DE SÍTIO DE FILME QUE ME CAUSA NÁUSEA: 'LE TEMPS DETRUIT TOUT'. SE NÃO CURA, ENTERRA. E SIGAMOS IMPÉRVIOS, QUE ESTE FRIO ME ENEGRECEU.

mercoledì, dicembre 13, 2006

Don't be afraid of the film. Be afraid of the conversations you're bound to have on the ride home...

ESTOU COM UM CEDÊ NO APARELHO, UMA MÚSICA NO REPEAT, UM DEVEDÊ INCRUSTADO NA ALMA - E ESTE, FAÇO QUESTÃO DE NÃO TERMINAR, PORQUE ESTOU ME AFEIÇOANDO À NARRATIVA DE UMA MANEIRA DOENTIA. JÁ FAZ TRÊS DIAS QUE POSTERGO O DESFECHO. CHEGO A COISA DE DEZ MINUTOS DOS CRÉDITOS FINAIS, MAS ME ACOVARDO - COMPREENSIVELMENTE. 'A VIDA SECRETA DOS DENTISTAS' NÃO ME PARECE EXATAMENTE BRILHANTE. ENCANTADOR, SIM. MAS DE UMA MANEIRA MODESTA. A CENA DA MULHER COM CÃIBRA NO PÉ É AVASSALADORA. TIVE MEDO DE VOLTAR A FITA (FITA?) E, AO REPASSÁ-LA COM OS OLHOS EXPECTANTES, DECEPCIONAR-ME. ENTÃO PREFERI PAUSAR O QUE VI NA CABEÇA. PRONTO. FICA AQUILO GUARDADO SEM QUALQUER PRETENSÃO, MAS COM A DOÇURA ANGUSTIADA DO SINE SPE. HOJE, NO REGRESSO, JÁ DE MADRUGADA, ACHO QUE PONHO FIM À ENFERMIDADE. PORQUE É BONITO DEMAIS, E VIVER ASSIM NINGUÉM PODE. ALÉM DO MAIS, HÁ TANTA POEIRA TOMANDO GOSTO PELA MOBÍLIA, MEU DEUS, NO ESCRITÓRIO...

martedì, dicembre 12, 2006

Todo revoltado é acérrimo defensor da vida, comprometendo-se a lutar, nesse sentido, contra a servidão, contra a mentira, contra o terror.

AGORA JÁ NEM SEI MAIS SE SOU A REVOLTADA QUE SEMPRE ME JULGUEI... PORQUE EU NÃO DEFENDO A VIDA, PELO QUE ELA É. PELO QUE DEVERIA SER, TALVEZ, MAS PELO QUE É... JÁ A SERVIDÃO, QUE LIMITA O CARÁTER EXCLUSIVO DA PROPRIEDADE, ESSA ME ENCRESPA TUDO QUANTO CORRE PELOS VASOS. ...E EU QUE ME HAVIA AFEIÇOADO AO TÍTULO DE 'ACÉRRIMA', TENCIONANDO AGREGÁ-LO AO 'NEURÓTICA-ENFERMIÇA' DE OUTRORA... TEREI DE ME SATISFAZER COM O BRAÚNA, TÃO-SOMENTE. QUE JÁ ABANDONOU NUMA ARESTA DE NOVEMBRO A NEUROSE, E ANDA SAUDÁVEL FEITO NOVILHO DE PARÁBOLA BÍBLICA. ...MAS QUE NÃO ENCONTRA A COMPETÊNCIA TORTURADA PARA ALCANÇAR O SUPERLATIVO DE ACRE. ÀS VEZES EU PENSO SE NÃO ERA MEHOR SER TRISTE.

venerdì, dicembre 08, 2006

CAMARÃO COM JUÁ

NÃO, EU NÃO VOU TEMPERAR MEU CAMARÃO 'COZIDO-DESCASCADO-E-CONGELADO', APÓS LONGO POUSO SOBRE A BANCADA DA PIA DA COZINHA, COM JUÁ, NÃO SENHOR. MEU CAMARÃO 'COZIDO-DESCASCADO-E-CONGELADO' PRECISA DE UM GALÃO DE SHOYU, E VINTE E SETE SEGUNDOS (DOIS A MENOS E VOCÊ ESTRAGA O NEGÓCIO; TRêS A MAIS E O CALOR EXCESSIVO ENTRISTECE O ENVERGADINHO DO MENINO) DE MICROONDAS, EM TRAVESSA RASA, PLÁSTICA E, SE POSSÍVEL, ALARANJADA, COM UM CHANFRO EM DUAS DAS BORDAS. ESTA NOITE EU COZINHO. NO SENTIDO DE RESCALDAR, E NÃO DE TEMPERAR. E COM O FIM DE COMER, E NÃO DE DEGUSTAR. MAS SEM JUÁ.

martedì, dicembre 05, 2006

O QUE É FEITO DE SUZANNE?

NÃO HÁ ÚNICO DIA EM QUE EU NÃO PENSE EM COHEN, E, APENAS POR ISSO, ESMURRO O ESTERNO E DECLARO-ME FIEL. POIS CERTA NOITE, EM QUE O DESENCAIXE ERA VASTO, E A EXAUSTÃO (MENTAL, PORÉM NÃO FÍSICA) JÁ ME ARRUINAVA, COMO COMPANHIA, A FISIONOMIA DELE, SENTADO À MESA NO VIDEOCLIPE - QUE DEVE TER SIDO BEM BONITO À ÉPOCA DAS SOBRANCELHAS HIRTAS E NUVENS DE LAQUÊ - DE 'GYPSY'S WIFE', ME CONFORTOU. UNS OLHOS FATIGADOS, COMO QUE RESIGNADOS. COMO TUDO QUANTO É DELE. E EU ME DETIVE ALI NO MEU CANSAÇO, E NÃO ALMEJEI SAIR DELE... MAS HOJE, REVIGORADA MAS AINDA FIEL, DEIXEI A MULHER DO CIGANO EM PAZ. HOJE O QUE ME INQUIETA É A SUZANNE. BUSQUEI NA REDE, 'QUE TERÁ SIDO FEITO DE SUZANNE?' *ARREPIO* 
 
She is now homeless in Venice Beach, California, where she lives in her automobile. She claims that she and Cohen never had sexual relations, contrary to what some interpretations of the song suggest. She says she has met Cohen twice since the song's initial popularity; once after a concert Cohen performed in the 1970s and once in passing in the 1990s where Cohen did not speak to her (and possibly did not recognise her). 

ACHEI ISSO A COISA MAIS TRISTE - E VEROSSÍMIL QUE JÁ LI NA VIDA. A FÁBULA DA SUZANNE. PIOR DO QUE MORRER SÓ E DESCONHECIDO, FEITO LIMA BARRETO, É TER TIDO 'O CORPO PERFEITO TOCADO PELA MENTE' DO BOM-DEMÔNIO DE OLHOS DE QUEM CORREU UMA MARATONA, MAS AINDA ASSIM TERMINAR OS DIAS A BORDO DE UM AUTOMÓVEL. ABANDONADA. NEM A CLARICE, COM O SEU BINÔMIO GRÁVIDA-ABANDONADA, SUPERA ESSA. NEM A CLARICE.

lunedì, dicembre 04, 2006

RODA VIVA...

No peito, a saudade cativa Faz força pro tempo parar Mas eis que chega a roda viva E carrega a saudade pra lá ... COMPREI, A PREÇO BAIXO, SE COMPARADO ÀS EXORBITÂNCIAS QUE SE ME OFERECEM NAS PRATELEIRAS, EM FIM DE MÊS - E SALÁRIO -, CAIXINHA COM TRÊS CEDÊS DO CHICO. NUM DELES, A RODA VIVA. PEÇO LONGA PAUSA, SOLENE, INTRANQÜILA, TORTURADA, ANTES QUE POSSAMOS DISCORRER SOBRE ESSA MÚSICA. A PRIMEIRA VEZ EM QUE A ESCUTEI, NEM SEI QUANTOS ANOS TINHA, ACHO QUE ONZE. CAMILA TRAZIA A LETRA TRANSCRITA EM UMA PROVA DE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO. NÃO GOSTAVA, NÃO GSTAVA E NÃO GOSTAVA. ELA, PORQUE EU FIQUEI IMPRESSIONADA COM A VERACIDADE DO QUE LIA. ASSIM COMO, MUITAS VEZES A GENTE SE IDENTIFICA COM OS DIZERES CRETINOS DAS PREVISÕES DE TODOS OS SIGNOS DE HORÓSCOPO, TAMBÉM EU ME IDENTIFIQUEI (MEU DEUS, COM ONZE ANOS DE IDADE?) COM OS PRIMEIROS VERSOS: Tem dias que a gente se sente/Como quem partiu ou morreu/A gente estancou de repente/Ou foi o mundo então que cresceu. NÃO HÁ NADA DE NOVO NISSO, MESMO PORQUE ESSA SENSAÇÃO DE DEFASAGEM, DE DESENCAIXE NÃO É PRIVILÉGIO NEM CASTIGO DE NINGUÉM, EM PARTICULAR. OCORRE QUE, NA LETRA DO CHICO, A GENTE MORRE, E O MUNDO CRESCE. AGORA, A VAIDADE DESCARRILADA POR UMA SUCESSÃO DE DIAS BONS, OUSO INVERTER. HOJE EM DIA, PARECE-ME QUE O MUNDO FOI QUEM ESTANCOU DE REPENTE. OU PARTIU(-SE, EM DOIS), OU MORREU. E EU ME AGIGANTEI. NA VALA ESPLENDOROSA. A RODA VIDA FEZ A FAXINA, ARREMATANDO MEU SORRISO EXORCIZADO.

venerdì, dicembre 01, 2006

TOP THREE

Sim, para mim cosquinha nas costas e nos pés vem praticamente em terceiro lugar, logo depois dos prazeres da boa mesa; e se algum dia me virem atropelado na rua, sofrendo dores, que haja uma alma caridosa para me coçar os pés e eu morrerei contente. TENHO DE DISCORDAR DO VINICIUS, E NOS TRêS PONTOS, PUDICA QUE PAREÇA. NUTRO VERDADEIRA OJERIZA A QUALQUER COISA QUE ENVOLVA DEDILHADO NAS PLANTAS DOS PÉS. ISSO ME DÁ CÓCEGAS - E ANGÚSTIA. A BOA MESA NÃO FAZ SOMBRA AO BOM ASSENTO - QUE DIRÁ AO PRECISO ACENTO. UM BELO ESTOFADO (QUE NÃO SEJA EM CHENILLE, QUE ME INSULTA A PELE MAIS ATÉ DO QUE O COURO SINTÉTICO) ME ILUMINA MUITO MAIS A ALMA DO QUE UM PEIXE FRITO, OU MOLHOS TANTOS, EM MOLHEIRAS TANTAS - QUE É COISA QUE A GENTE REGALA A NOIVOS, MAS QUE NUNCA USA, MESMO -, OU UM VINHO CARO. COMIDA PARA MIM É AQUELA QUE A GENTE PODE APARAR NO COLO, EM CONVERSA INFORMAL, E QUE, CASO ESCAPULA DO TALHER, NÃO DEIXE RASTRO POR ONDE ESCORRE. A JÓIA DA COROA DO VINICIUS NÃO É, TAMPOUCO, A MINHA. A MINHA JÓIA É O TAL DO ESPÍRITO SANTO, A PAZ DO DESESPERO E DA AUSÊNCIA ABSOLUTA DE DOR. É A MANHÃ DO DOMINGO. O CUME DA MINHA MONTANHA, MEU PÍNCARO AZULADO, É CHEGAR EM CASA EXAUSTA, FISICAMENTE, E TOMAR BANHO E DORMIR. INSERIDA NUM CONTEXTO.

When can I go into the supermarket and buy what I need with my good looks?

A MINHA CÂMERA TEM ALCANCE LIMITADO; AS MAIS EXÓTICAS, ELES NÃO MAS TROCAM PELOS COBRES QUE CARREGO, NO BOLSO MIÚDO DA CARTEIRA. AS QUE REGISTRAM O MOMENTO PRECIOSO DE CADA FOTOGRAFIA POSTADA, A SENSAÇÃO EXTASIANTE, QUE, VAI SABER, SE DESFEZ EM SEGUIDA, OU FOI POTENCIALIZADA POR GESTO PRECIPITADO PELO FLASH...
EU NÃO AMO AS MINHAS FOTOGRAFIAS PELO QUE ELAS SÃO. EU AS AMO PELO INSTANTE QUE ELAS TENTARAM TATUAR NOS OLHOS. E O REVIVO, DESFIBRILADA. A CADA DIA.

giovedì, novembre 23, 2006

A chávena que era por onde o pequenito que morreu bebia sempre, (e tudo isto cabe num coração de mãe e enche-o)

NO DIA EM QUE EU MORRER, OS FISCAIS DO DETRAN OLHARÃO PARA A CURVINHA DA CALÇADA, ALI LADEANDO O ESTACIONAMENTO PRINCIPAL DO PEDAÇO-DE-ROTINA-QUE-ME-APRAZ-E-AFAGA-AS-MANHÃS E OS SEUS CORAÇÕES, ATÉ ENTÃO ENEGRECIDOS, INCHARÃO DE TAL FORMA QUE O ALARME DO TIGRA PRATA COM O ADESIVO DO RORIZ NA TRASEIRA HÁ DE DISPARAR.

QUEM DEU FRONDOSO A ARVOREDOS, E ME DEIXOU POR VERDECER?

FUI, COMO ERVAS, E NÃO ME ARRANCARAM. ANDO FAGOCITANDO PESSOA. LER, EU SEMPRE LI. E SEMPRE ACHEI BELÍSSIMO, E IRREFUTÁVEL, E NUNCA COMPREENDI COMO HÁ QUEM NÃO SINTA PREMENTE NECESSIDADE DE SE METAMORFOSEAR EM UMA CANETA HIDROCOR, AO LER QUATRO, CINCO PALAVRAS DELE, COMBINADAS EM UM ÚNICO E DESPRETENSIOSO VERSO, E DESTACÁ-LAS ALI, NO LIVRO EM QUE ESTEJAM. MESMO QUE EMPRESTADO DA BIBLIOTECA. OU DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA. OU DA GAZELA FRANCESA. OSTENTO, POR HERANÇA, UM LIVRO TODO RABISCADO, AS PÁGINAS DOBRADAS EM MAIS DE UM CANTO, UMA EXISTÊNCIA INTEIRA EM RECORDAÇÕES ATRELADAS àS LINHAS DE CADA UMA DELAS. O TORMENTO DE ÁLVARO DE CAMPOS É O MEU TORMENTO, ESSA TURBINA INTERNA QUE ESFRANGALHA AS SENSAÇÕES TODAS, A ESTRANHEZA, A EXAUSTÃO. ACREDITO, INCLUSIVE, QUE SEJA O MESMÍSSIMO INFORTÚNIO DE TODOS, ACONTECE QUE NÃO O CONFESSAM.

martedì, novembre 14, 2006

In streams of light I clearly saw / The dust you seldom see

MARC DEPAROU-SE COM ISSO NA ESLOVÊNIA, E REGISTROU, PARA QUE UNS SENSÍVEIS ERGUÊSSEMOS AS SOBRANCELHAS, EMITINDO SONZINHO AMANTEIGADO. ...DESSAS COISAS EU NUNCA ME ESQUECI.

lunedì, novembre 13, 2006

C'est simplement la vérité de la solitude!

Mes amis chrétiens disent que j'ai reçu le Saint-Esprit. C'est simplement la vérité de la solitude. ERA? ERA. EU ACREDITO NO ESPÍRITO SANTO, COMO ACREDITO EM CRISTO. COMO ACREDITO NOS AMIGOS - E NO QUE ACREDITAM, COM TANTA ANGÚSTIA OU ALEGRIA OU MEDO. MAS EU TAMBÉM ACREDITO NA SOLIDÃO. E NA NUVEM QUE, COMO A CLARA EM NEVE QUE HÁ UNS ANOS EU ME DAVA AO TRABALHO DE FABRICAR, NA COZINHA, A INCONTÁVEIS METROS DA POLTRONA ONDE ESCONDIA OS PÉS NO FRIO DE JULHO, ME PREENCHEU SUAVE E MANSA. EU TENHO UMA SAUDADE TÃO GRANDE, MEU DEUS, DO COHEN... DOIS PARES DE VERSOS NÃO ME SATISFAZEM, PORQUE O PERÍODO DE INANIÇÃO DURA COISA DE TRÊS ANOS. EU DIZIA, COM BASE DOCUMENTAL, QUE HÁ MOTIVO POR QUE ELE ME FASCINA TANTO: Cohen's songs are often emotionally heavy and lyrically complex, owing more to the metaphoric word play of poetry than to the conventions of song craft. AÍ ME DIZ A CAMILA QUE ELE NÃO PODE SER INTITULADO MEU GOOD DEMON, QUE AOS DEMÔNIOS NÃO FOI DADA A FACULDADE DE SEREM BONS. MAS ALGUÉM QUE ESMIÚÇA A DOR DE UMA FORMA TÃO SUFICIENTE NÃO TEM COMO NÃO CONHECER DA TREVA (No caos, no horror, no parado, eu vi o caminho que ninguém via/O caminho que só o homem de Deus pressente na treva.) . ...E NÃO TEM COMO NÃO SER BOM. PORQUE O CASTIGO NOS TORNA CALMOS E SERENOS. E BONS. POIS TORNEI A PERSCRUTAR COHEN, CONSCIENTE DA MINHA NEGLIGÊNCIA. E EU ME DEPAREI COM O INEVITÁVEL, COM A JOANA D'ARC: I saw her wince, I saw her cry, I saw the glory in her eye. Myself, I long for love and light, but must it come so cruel, and oh so bright? INEVITÁVEL PORQUE DESDE O SÁBADO QUE ESSE BRILHANTISMO TODO - COM QUE ACOBERTO A MINHA FRAQUEZA (ESTREMECIMENTO), EU DIZIA NA POSTAGEM QUE SE APAGOU POR DESMANDOS DA REDE - FEZ-SE LUZ. E ME ENCHEU OS OLHOS. SÓ QUE ME DIZEM QUE FOI O ESPÍRITO SANTO. EU DIGO QUE FOI O MEU SUMMUM BONUM. E A GENTE CAI NA MESMA VALA. ESPLENDOROSA.

I'll cut you some flowers, now don't be afraid

EU ESTAVA DIRIGINDO DE ÓCULOS ESCUROS, TUDO SEMICERRADO, AS COISAS IAM VAGAROSAS E OS FARÓIS TORNARAM-SE, POR CAUSA DESSAS LENTES QUE EU INTRODUZI NA MINHA VIDA-PÓS-VIDA, UMA CADEIA DE SIRIGÜELAS MADURINHAS, EMBORA NEM TODAS EXATAMENTE OVALADAS. POIS EU VINHA SEGUINDO PELA MINHA ESTRADINHA, QUANDO AGIGANTOU-SE FACHADA BEM ALVA, NO HORIZONTE QUE NÃO MERECE SER CHAMADO POR ESSA GRAÇA. LÁ. LÁ AO FUNDO. POR ALI, POR DETRÁS, ONDE AINDA SE ENXERGA, MAS NÃO POR GOSTO. ACELERANDO, VI QUE NÃO ERA NADA. ERA UMA NUVEM. E SÓ. NÃO SEI POR QUE ESCREVER; DÓI-ME MAIS IMAGINAR POR QUE MOTIVO FICOU-ME CRAVADA NA MENTE A LEMBRANÇA DE UMA NUVEM QUE PODERIA TER SIDO A FACHADA DE UMA IGREJA VELHA, RECÉM-CAIADA. SÓ SEI QUE ELA ESTÁ LÁ. PREENCHENDO O QUINTO CANAL QUE TRATAMOS FORA DO CONSULTÓRIO, MAS SEM ANESTESIA, E SEM FRATURAS, MÊS PASSADO. E ELA ME CONFORTA E ME COMPLETA.

mercoledì, novembre 01, 2006

À MON PÉRE...

CACHÉ. PARECIA INTERESSANTE, MAS ME DESPERTOU UMA COISA RUIM, DE CUJA EXISTÊNCIA EU DUVIDAVA. Maurice Bénichou ME FICOU PAUSADO NO CORAÇÃO, TATUADO A FERROADAS. Maurice Bénichou DESDOBROU O MEU SENTIMENTO DE CULPA, NÃO SEI SE QUANDO SE SENTOU NUMA CADEIRA, OLHOS BAIXOS, OU SE QUANDO NOS APROXIMARAM, A AMBOS, NUM DAQUELES MOVIMENTOS DE CÂMERA QUE CORRÓEM O QUE SOBRAVA AINDA, DO ESPECTADOR. E A ESPECTADORA, LADEADA PELOS GRÃOS TANTOS DO PÃO DE FÔRMA QUE ME REGALOU A MINHA MÃE, ERA EU. DESDOBRAMENTO DE POSSE É TOMÁ-LA POR DIRETA OU INDIRETA, NÃO? POIS O DESDOBRAMENTO DA MINHA FERIDA É EM REMORSO E ARREPENDIMENTO. REMORSO PELOS ANOS DE SILÊNCIO COM O BÉNICHOU, PORQUE AGORA, A IDADE JÁ SE INSTALOU E VEM ME FALTANDO NÃO É MAIS A VONTADE, MAS A PACIÊNCIA. CERTA VEZ, ESCUTEI TESE DELICIOSA: DEVERÍAMOS NASCER VELHOS E, COM O PASSAR DOS ANOS, IR REJUVENESCENDO, PARA AO FINAL, MORRERMOS PURINHOS E BELOS, COMO QUE PURGADOS. POIS EU QUERIA ERA TER TIDO SERENIDADE NA MINHA ADOLESCÊNCIA, PARA NÃO TER, HOJE, DE REVISITAR UMA PESSOA QUE JÁ NÃO É MAIS A MESMA, PORQUE MENOS LÚCIDA E MAIS ARRAIGADA - AINDA! - À POLÍTICA. EU QUERIA O BÉNICHOU, QUE É O GÂCHIS SOUS TOUS LES ASPECTS, COM EXCELENTE AUDIÇÃO. QUERIA QUE SOUBESSE QUE A MINHA AFEIÇÃO POR ELE É GRANDE, PORQUE FOI QUEM ME DEU UM COELHINHO, QUEM ME DEU O NICOLAU, QUEM ME CRIOU. ARREPENDIMENTO, PORQUE AINDA HÁ JEITO. PAI, VOCÊ EXISTE BEM GRANDE, DENTRO DE MIM. BEM GRANDE. MAS NÃO MAIS EM LABAREDAS. COMO UMA VISTA SERENA E RECONFORTANTE. OBRIGADA POR OUTLIVE ME.

martedì, ottobre 31, 2006

you notice there's a highway that is curling up like smoke above his shoulder

EU GOSTO DE PENSAR QUE JESUS CONHECIA MANAMA, A RICA CAPITAL DO BAREINE. E QUE TAMBÉM LÁ CAMINHOU ELE SOBRE AS ÁGUAS, MARINHEIRO E FAROLEIRO QUE ERA, NA SUA SOLITÁRIA TORRE DE MADEIRA... NÃO ME SAI DA CABEÇA, A 'SUZANNE', HOJE. NEM O 'FADO TROPICAL', QUE JÁ SE CRISTALIZOU NOS TÍMPANOS. E NEM A 'STRAGER SONG'. DURA TAREFA, ESSA, TENTAR ENTENDER O QUE MEU GOOD DEMON TENCIONAVA DIZER COM ESSAS MENÇÕES AO PÔQUER SACROSSANTO. NÃO ME OCORRE NADA, MESMO PORQUE DESCONHEÇO AS CARTAS, OS JOGOS, OS ASES. MAS TRAFEGO EU, ENTÃO, SE NÃO SOBRE A MARÉ, SE NÃO SOBRE AS POÇAS (QUE MEU SAPATO É NOVO E ME CUSTOU UM PEQUENO TESOURO, EM CÉDULAS), SOBRE A CALÇADA BEM-CALÇADA DA MINHA ALDEIA. E FAÇO-O DESVIANDO DAS FLORES, MAS NÃO PELO DESPEITO DO CHICO. PORQUE EU ACHO UM CRIME PISOTEAR A FLORA. A FAUNA, VÁ LÁ, MAS A FLORA...

lunedì, ottobre 30, 2006

Se avrai la forza, tu ami l'impossibile.

NA MINHA ALDEIA, O SOL MAL QUEIMA. ELE TORNA TUDO UM CAPÍTULO SÉPIA, ASSIM MACIO, ASSIM COMPASSADO E CONVIDATIVO, MAS NÃO ESTURRA. O SOL DA MINH'ALDEIA DEIXOU-ME SINESTÉSICA, ELE É PARNASIANO. GRADUALMENTE, FUNDIMO-NOS. EU ME SINTO UM BRAÇO POR DEBAIXO DA MALHA, MAS NUM DIA FRIO. E A MALHA É MEU NOVO CONTEXTO. POR ORA, O STATUS QUO É CONFORTÁVEL, MAS CHEGARÁ O DIA EM QUE NOS DESVENCILHAREMOS. E A MALHA ESTARÁ LIMPÍSSIMA, COM UMA DAS ARESTAS TINGIDA DE ALUMÍNIO E VERMELHO QUINTA-AVENIDA. O BRAÇO É QUE, ATROFIADO, NÃO TERÁ A VALIA QUE SE ESPERA DELE. MAS O CAFÉ AINDA CHEIRA, E MUITO, E AS CINCO HORAS, SOMADAS AOS VINTE MINUTOS DAS MANHÃS, SÃO SEMPRE EXTASIANTES. MEUS TAPETES SÃO RUBROS - OU DERIVADOS - E A VAZÃO ARRANCA-ME O SORRISO QUE FOR, DORMENTE QUE ESTEJA. NÃO HÁ QUEIXUMES, NÃO HÁ DORES. PORQUE OS ANALGÉSICOS E OS ANESTÉSICOS - TÓPICOS - INVADEM-ME AS GAVETAS. MESMO A FRATURA DO MOLAR É POÉTICA - E NÃO TENHO CERTEZA SE ESTOU PRONTA PARA ME DESFAZER DELA. ATÉ QUE ME ACUDAM OS POST-ITS ONDE TATUE COHEN, ABRIGO, COM MÃOS DE MÃE, OS ESTILHAÇOS... ...Paete, non dolet!

Approach her, you wretch, if you dare

O LENDEMAIN DAS ELEIÇÕES É MAIS ATERRADOR QUE UM DESEMPENHO FATAL DO BRASIL, NA COPA DO MUNDO. NÃO PENSEI EM VIV'ALMA, À HORA DE PRESSIONAR A TECLINHA QUE ME EXIMIU DE TODA CULPA, NOS QUATRO ANOS VINDOUROS, MAS MORRI UNS DECÍMETROS, HOJE, QUANDO TRAFEGAVA ATRÁS DE UMA CAMINHONETE COM O PÁRA-BRISA TOMADO POR PROPAGANDAS. NÃO POSSO DIZER QUE NÃO TENHA DOÍDO, PORQUE A LOCOMOTIVA DESCARRILADA ABALROOU OS MIÚDOS ENTRE A TRAQUÉIA E O CORAÇÃO. DE CARMIM, PASSARAM A BRANCO. BRANCO-GELO, DAQUELES QUE A GENTE OLHA COM DESGOSTO, NO CATÁLOGO DOS ESMALTES SINTÉTICOS. HÁ TEMPOS, HAVIA UM TEMPO. PORTENTOSO. ESSA SENSAÇÃO SOFRIDA SÓ ME ACOMETIA QUANDO TELEVISAVAM A DIANE DOS SANTOS PINOTANDO NA LONA. ERA MUITO BONITO, PORQUE DE SÚBITO ME VINHAM NÃO APENAS AS LÁGRIMAS, MAS, ACREDITO, TUDO O QUE ERA DE TOXINA SOLAPADA NO OQUINHO DO MÚSCULO. E OS SOLUÇOS ENFEITAVAM O AR. MAS AÍ EU ENCHIA A BOCA COM REFRIGERANTE, OU CAFÉ, OU CHÁ OU QUALQUER COISA QUE ME MANCHA OS DENTES, E IA RESFOLEGAR LONGE, LONGE... HOJE, O HEMATOMA É MAIOR. E EU NÃO RETOMEI MAIS A RESPIRAÇÃO SUAVE DE QUANDO SE DORME. ...MAS PODE SER O DENTE FRATURADO. E PARA ISSO, HÁ JEITO.

venerdì, ottobre 27, 2006

A TRINTA PALMOS DO NIRVANA

UM DIA VOCÊ VAI ACORDAR DO SEU TRANSE. E DESCOBRIR QUE O BOTÃO DO MEIO DA CAMISA ESTÁ FALTANDO. UM DIA VOCÊ VAI DESCOBRIR QUE MUITO ANTES DAS SEIS HORAS DA MANHÃ, O DIA JÁ VAI CLARO - E, NÃO RARO, RAZOAVELMENTE BELO, A DESPEITO DE ÚMIDO. E UM DIA VOCÊ SE APERCEBE DE QUE TODAS AS PILHAS ESTÃO FUNCIONANDO, E NADA FORA DE SEU LUGAR. DE QUE MESMO AS POÇAS D'ÁGUA SÃO UMA INFINIDADE DE DISTRAÇÕES, PORQUE CADA TURVAÇÃO (QUE É TAMBÉM MOLÉSTIA DO VINHO) ENCHE OS OLHOS. E UM DIA VOCÊ PENSA SE A LUTA É MESMO TUDO AQUILO TÃO EXTENUANTE, QUE NÃO MEREÇA UM SUSPIRO ESPERANÇOSO, O PARÊNTESE EM MEIA-LUA...

martedì, ottobre 10, 2006

...you know it ain’t coincidental that you’re lost in place...

NÃO SE TRATA DE DESORIENTAÇÃO. EU NÃO ME PERDI. ANDO LENDO MENOS DO QUE DEVERIA, E PINTANDO MAIS DO QUE O RECOMENDÁVEL... MAS CONTINUO AFEITA AOS MEUS GOOD DEMONS, E A SÍSIFO, QUE É O MITOLÓGICO QUE, CAUTELOSAMENTE ANALISADO - PELA PENA ASTUTA DO CAPITÃO CAMUS -, MERECE TER A SUA ROCHA DE ESTIMAÇÃO ENTALHADA NA MINHA PAREDE, E MAQUIADA COM TINTA ACRÍLICA... Se eu fosse árvore entre as árvores, gato entre os animais, esta vida teria um sentido, ou melhor, este problema é que não o teria, porque eu faria parte deste mundo. Seria este mundo ao qual agora me oponho com toda a minha consciência e toda a minha exigência de familiaridade. TAMPOUCO SÍSIFO SE RESIGNA COM ISTO QUE HABITA. ESTÁ CERTO QUE O FARDO DELE ERA MAIS ÁSPERO QUE O MEU, QUE ME QUEIXO DE MEIAS GROSSAS VESTINDO OS PÉS NUM DIA FRIO E ÚMIDO DESSES, O QUE PODERIA SER TIDO - O QUEIXUME - COMO HERESIA. OCORRE QUE O MEU DESASSOSSEGO É JUSTIFICADO PELA TENSÃO MUSCULAR QUE ME TOMA O PESCOÇO - QUISERA EU GUIAR DEITADA! - E POR TODA ESSA MEDIOCRIDADE DOS ARRABALDES... DEIXEM, AS MINHAS ESTIMADAS, DE ACREDITAR NAS BOAS INTENÇÕES. DEIXEM DE ESPERAR, DEIXEM DE SE DEBRUÇAR À JANELA, PORQUE CORRETA ESTAVA ADÉLIA PRADO, PARA QUEM 'SÓ A MULHER, ENTRE AS COISAS, ENVELHECE'. E ENVELHECER, NESTA TERÇA-FEIRA MODORRENTA, PARA MIM, NÃO É NADA MAIS NOBRE DO QUE AZEDAR. ENVELHECER Sem amores, nem ódios, nem paixões que levantam a voz, Nem invejas que dão movimento demais aos olhos É DURAR, POIS SIM, E DURAR, NO CÔMPUTO FINAL, É DOCE - PORQUE CUSTA POUCO ÀS CORONÁRIAS. QUEM GOSTA DE PESSOA O SABE. E QUEM JÁ LEVOU BELA ESTOCADA NA PARTE MACIA DO MÚSCULO, NÃO SÓ O SABE COMO ANSEIA POR ESSE PONTO MORTO E SEGURO... *SUSPIRO*

sabato, ottobre 07, 2006

CLASSIFICADOS

PROMETO VOTO AO PRESIDENCIÁVEL QUE RECLAMAR JUNTO AO GDF INDENIZAÇÃO AO DESAFORTUNADO CORRETOR Oton José de Aguiar, CUJO VEÍCULO SOFREU AS TERRÍVEIS DORES DO SOTERRAMENTO, EM QUINTA-FEIRA ÚMIDA. QUE NÃO SE EXIMA DE CULPA ESTA GOVERNADORA, QUE A GENTE PAGA IPVA É PARA ISSO MESMO. EXPONHO NAS PRATELEIRAS, PARA FUTURA RETIRADA - COM GARANTIA DE SATISFAÇÃO -, MINHA EXAUSTÃO POR UMA SEMANA DOÍDA. QUEM A QUISER, BASTA DEIXAR-ME, EM TROCA, UM GELOL PARA O PESCOÇO. VENDO HORAS INSONES E GARGALHADAS AO SOM DE 'WEREWOLF'. ALUGO GATO, UM QUE ME FORCE A VOLTAR AO LAR COM SORRISO GRANDE, E TRANCANDO DETRÁS DE MIM TODO O RANCOR DOS DIAS MAUS. PROCURO, COM SOFREGUIDÃO, TAPETE SUAVE PARA AS PLANTAS DOS PÉS. PRERENCIALMENTE, VERMELHO. UM METRO E MEIO DE DIÂMETRO, APARENTANDO NOVO. NEGOCIO DESCONTO NUM CINZEIRO MIÚDO DA SPICY, AQUELE QUE TRAZ UM ASTRONAUTA FUMANDO ESTAMPADO NA BASE, BEM COMO PARCELAMENTO EM SETENTA E DUAS VEZES DO RELÓGIO DE CAIXA DE ALUMÍNIO E PULSEIRA METÁLICA PONTUADA POR QUADRADINHOS RUBROS, QUE AINDA HÁ POUCO ARRANCOU-ME UMA INTERJEIÇÃO. FINALMENTE, DÔO A MINHA DIGNIDADE, QUE ESTÁ-ME PESANDO HORRORES, E AS COSTAS ESTÃO CANSADAS. DE INÚTIL JÁ ME BASTA A DOUTRINA DO DIREITO DE PROPRIEDADE, DE QUE A MEMÓRIA CACHE AINDA NÃO SE DESFEZ, POR TEIMOSIA...

giovedì, ottobre 05, 2006

PULPOTOMIA - CARDIOTOMIA

HOJE, EXTRAÍRAM-ME UM NERVO. DIZIAM QUE ERA NECROSADO, MAS PELO OCO DO CORAÇÃO, OUSO DUVIDAR. NÃO ESTAVA MORTO, NÃO. DORMIA. E QUANDO MAGOADO, CEDEU...

EU GOSTARIA DE INDAGAR, ÀS AUTORIDADES ODONTOLÓGICAS, AO ESQUILINHO DA TANDY, ÀS CONCHAS BANHADAS EM COLGATE QUE FIGURAM EM COMERCIAL IRRITANTE, POR QUE É QUE MALTRATAM TANTO OS DENTES DA GENTE, NA HORA DA CURA. NINGUÉM CAVOCA OS OUVIDOS COM BROCA, MAS OS SULQUINHOS ESMALTADOS, MEU DEUS, DESSES NÃO SE TEM PIEDADE ALGUMA.

RASPARAM-ME HOJE TODA A CORDILHEIRA POSTERIOR. NÃO DOEU, NATURALMENTE, MAS SENTI QUE ME ESTAVAM CINZELANDO NA BOCA UM DAVI. IMAGINO POR QUE ESPÚRIO MOTIVO NÃO ME DEIXARAM GUARDAR - DE PREFERÊNCIA ALI PELA GENGIVA, MESMO - A MINHA POLPINHA DOENTE... E O QUE FOI FEITO DA TAMPA PEROLADA, POR QUE NÃO UMA PEÇA DE XADREZ ? EU SÓ SEI QUE DEIXEI PEDAÇOS RELEVANTÍSSIMOS DE MIM, E OCORREU-ME, MAIS UMA VEZ, A LAMÚRIA DO CHICO: 'Oh, pedaço de mim/Oh, metade exilada de mim...'

EU QUERIA MINHA DORZINHA DE VOLTA... E PROMETI AOS DENTES ESCOVÁ-LOS COM COTONETE E GEL DE BANHO, O QUE SERIA O SOPRO DEPOIS DA MORDIDA. ...QUE QUASE ME DEVORA.

domenica, ottobre 01, 2006

giovedì, settembre 28, 2006

MY EVERLASTING SHELL SHOCK

Some doctors argued that the only cure for shell-shock was a complete rest away from the fighting. If you were an officer you were likely to be sent back home to recuperate. However, the army was less sympathetic to ordinary soldiers with shell-shock. Some senior officers took the view that these men were cowards who were trying to get out of fighting. I can't lose forever, but I'm doomed to try, because I keep on hearing a voice inside NUNCA TIVE A FORTUNA DE ESCUTAR VOZEZINHAS INTERNAS, MAS NUTRO DESTEMIDO PALPITE DE QUE É COISA DA QUAL NÃO ME ARREPENDERIA. QUERIA OUVIR SINFONIAS INTEIRAS, VERSOS MURMURADOS COM O SOTAQUE DO TENNESSEE E, NATURALMENTE, FINAIS INFELIZES SOBRE FAMÍLIAS DESMORONADAS E GENTE CORROMPIDA. MEUS FONES ME MACHUCAM OS OUVIDOS, E CARREGAR A BATERIA SEMPRE ME DEIXA UM DESCONFORTO, COMO TOMADA OCIOSA...

venerdì, settembre 15, 2006

...gonna be so gone gone, you ain't NEVER gonna see me/I'm gone gone, you ain't nothing to me...

ESTOU CADA DIA MAIS DESGOSTOSA COM O NOSSO EIXO RODOVIÁRIO... É TANTO BONECO, É TANTO CARTAZ, SÃO TANTOS DÍGITOS QUE EU ATÉ ME ESQUEÇO DE ENTRAR NO BURACO CABIDO. E TODO MUNDO OSTENTA LINDÍSSIMO PARÊNTESE PEROLADO. ACREDITO QUE APENAS EM TRÊS CIRCUNSTÂNCIAS DÁ-SE A CANONIZAÇÃO: DEPOIS QUE A PESSOA MORRE (COMO LAMENTA MINHA MÃE, OLHOS AO NORTE, 'DEUS TENHA A ALMA DELE EM BOM LUGAR'), NOS DEPOIMENTOS DO ORCUTO ('O QUE FALAR DE...?') E EM CAMPANHA ELEITORAL. TODO MUNDO É HONESTO E PARTIDÁRIO DO BINÔMIO TRABALHO-CREDIBILIDADE. E TODO MUNDO TRAJA CAMISA CASUAL, DESABOTOADA ACIMA DO TRÓPICO PERIGOSO, E EQUILIBRA NA CABEÇA O PENTEADO DO SEAN PENN. MESMO AS MULHERES. EU VOTO NO MOÇO DA INFORMÁTICA, QUE NUNCA CONSERTA ESSE PECÊ, MAS QUE TEM A VOZ E O SORRISO AGRADABILÍSSIMOS, E SE LOCOMOVE PARA ESTA CRATERA GÉLIDA COM UMA BOA-VONTADE INVEJÁVEL. E VOTO NO MEU FERRINHO RÓSEO, ANTI-ADERENTE. QUERO-O TORNANDO-ME DIGNOS OS FIGURINOS, À LUZ DO DIA. À NOITE, QUEIXEM-SE OS OCIOSOS. NÃO PASSO, NÃO PASSO E NÃO PASSO. SÓ VERGONHA.

giovedì, settembre 14, 2006

Time on me is wasted time

MAS AS NOITES CONTINUAM OPILADAS - USANDO A PALAVRA DO LUISINHO - E AGRADÁVEIS. MAS O QUE BLOQUEIA AS ARTÉRIAS, ORA, É BELO. E É POR ISSO QUE NÃO DURA.

mercoledì, settembre 06, 2006

everybody says this place is beautiful/And you'd be so crazy to say goodbye

And I'll be gettin' out as soon as I can fly FR VEIO ME DIZER O QUE EU JÁ SABIA: I TEND TO DRIFT AWAY. FROM PEOPLE. SO? EU ME AFASTO ANTES QUE O MEU TÉDIO CANCEROSO SOFRA A METÁSTASE.

lunedì, settembre 04, 2006

Send me a postcard if you get that far

SPONVILLE, QUE ME ESTREITOU A SAIA: Devemos dizer a verdade ao moribundo? Sim, sempre, responderia Kant, pelo menos se o moribundo perguntar, pois a veracidade é um dever absoluto. Não, nunca, responde Jankélévitch, pois seria lhe infligir sem razão “a tortura do desespero”. KANT E EU, QUEM DIRIA, ENFIM NOS DESENCONTRAMOS. EU QUE GOSTAVA TANTO DELE... ACONTECE QUE O OUTRO PÓLO ME PARECE MAIS ADOCICADO - E CON-VE-NI-EN-TE: “Os homens pobres e sós não devem ser afligidos”, diz ainda Jankélévitch, “isso é mais importante que tudo, mesmo que a verdade.” EU NÃO POSSO SER ATORMENTADA, PORTANTO. SACRIFIQUE-SE A VERDADE - VIRTUDE OU DEVER - E QUE A ATERRORIZEM COM A AGUDA EMPUNHADURA À PROA. VERDADE OUVIDA É PARA QUEM TEM O CORAÇÃO ALVEJADO - O QUE NÃO É MEU CASO. PROFERIDA, TODAVIA, PARA QUEM SE FARTA DE TUDO. SIM, A SENTENÇA SE ANUNCIA BRUTA, MAS OUSO PEDIR CLEMÊNCIA. ENCONTREI, ENFIM, A BRECHA PARA O PROVÉRBIO DO TELHADO DE VIDRO. O MEU É DE GELO FINO, NO QUE TANGE A ESSE TIPO DE VERIDICIDADE.

giovedì, agosto 31, 2006

come up to me say why are you so skinny and pretty for a boy?

i can't hardly reach you and i know it's getting harder to be you. so i'll be dropping you where nobody knows,city ought to take you,it would take a little second to break you so i'll be dropping you where nobody knows, i'll be dropping you where nobody knows. 







  ESSE BROCARDO ME CONDENOU. VOU PASSAR A VIDA AOS ESTILHAÇOS. VOU SER UM AÇO ABNT 1045, DE 'MÉDIO TEOR DE CARBONO', CUJA RECUPERAÇÃO RECLAMA SOLDAGEM com eletrodos revestidos AWS E 7018-1 e AWS E 307-16. SEMPRE DEBRUÇADA NA PLATIBANDA, À ESPERA DA CIDADE QUE VAI ME TOMAR, DO RÁPIDO INSTANTE DA FRATURA... DA QUEDA DO BÚFALO, DA QUEDA DO CAMUS. E NA VERTIGEM, MUSSET, O DO - TRISTE - DIA SEGUINTE À FESTA: Tu t'en vas pleine d'espérance, Avec orgueil tu reviendras; Mais ceux qui vont souffrir de ton absence, Tu ne les reconnaîtras pas. SERÁ?

Try telling someone with a simple grin

Try telling someone with a simple grin. E SE ACHAREM DE SE QUEIXAR, CITE CIORAN, MINHA NOVA OBSESSÃO: We smile because no answer is conceivable, because the answer would be even more meaningless than the question. VOU SORRIR A TODO INSULTO. E APÓS CADA INTERROGAÇÃO. E NÃO HÁ TESTA FRANZIDA QUE ME DISSUADA DESSA ADORÁVEL MEDIDA. PORQUE CONTINUA A ME RESPALDAR O ROMENO: Paradise was unendurable, otherwise the first man would have adapted to it; this world is no less so, since here we regret paradise or anticipate another one. What to do? where to go? Do nothing and go nowhere, easy enough. E POR 'FAZER NADA', ENTENDO DEIXAR DE EMITIR OPINIÕES, QUANDO MAS REQUISITAM. P.S: E SIM, EU ESTOU 'TOTALLY LOST'. E A ENFERMEIRA ME RESPONDEU COM O DITO SORRISO.

martedì, agosto 29, 2006

I have saved all my ribbons for thee...

ARREMEDO DE ALEGRIA É CABER SEM ESCORIAR-SE NUMA DESSAS, NOITE INTEIRA. E O TAPETE SER REDONDO. E DA COR DESEJADA. MINHAS FITINHAS ESTÃO DOBRADAS NUMA CAIXA. E É TUDO TÃO BONITO, TÃO ALVEJADO QUE NÃO HÁ 'THEE' QUE AS MEREÇA. AS MINHAS FITINHAS ENLAÇARAM A EXTENSÍSSIMA CADEIRA; FORRARAM-ME O BURACO DO CORAÇÃO. ESTÃO POUPADAS, ESTÃO A SALVO. E SUSPENSAS NO TETO DA CAIXA.

Listen to me, child, I am what I am and you, you are my only son...

E É FILHO LINDO, PLANINHO, PERFEITO E COM ANOS DE GARANTIA. A MINHA VIDA TAMBÉM VINHA COM GARANTIA? HOUVE RECALL? QUANDO FOI QUE RETIRARAM O PLÁSTICO DE BOLINHAS E ME EXPUSERAM AO MUNDO? EU SOU O QUE PLANEJARAM, OU O QUE SE ABSTIVERAM DE FAZER. CRIANÇA É MOLDADA, E A FAMÍLIA É A PRIMEIRA INSTITUIÇÃO - A LINGUAGEM É A SEGUNDA. O 'DEIXAR DE PRATICAR' REMETE-ME A PAULO MENDES CAMPOS: 'Como, às vezes, ao surgir o dia, o homem se descobre miraculosamente perdoado de todos os crimes, crimes não, de todas as coisas feias que cometeu. Que nem cometeu, que deixou acontecer. Quem nos perdoa, não sabemos. Talvez seja assim: o sofrimento se junta, vai se juntando dentro da gente, lacerando, doendo, até que um dia a dor é tanta que nos pune. Então, ficamos perdoados. Puros, recomeçamos de alma nova, passada a limpo como um exercício de escola.' NÃO SEI SE O PRÓPRIO SOFRIMENTO PUNE O HOSPEDEIRO - ISSO ME PARECE HERÓICO DEMAIS. O QUE ME CHAMA A ATENÇÃO É O FATO DE A OMISSÃO SER TÃO CRIMINOSA QUANTO A COMISSÃO. TUDO É DANOSO. DEVE-SE ASSUMIR RESPONSABILIDADE POR CADA CENTÍMETRO DE CIRCUNSTÂNCIA QUE NOS RODEIA - A MINHA DEFINIÇÃO DE FIBRA. FIBRA MANTÉM NÃO APENAS A SAÚDE DO SISTEMA DIGESTIVO, MAS O VIÇO DO CORAÇÃO. FIBRA É ARTIGO IMPRESCINDÍVEL, COMO O VOLANTE DO CARRO - TENHA ELE VIDROS ELÉTRICOS OU NÃO. OPCIONAL É A CÓLERA, DADO QUE OPINIÕES E MORAL PODEM SE MANIFESTAR DE FORMA PACÍFICA. MAS O RESUMO DO HARPEJO É: NUNCA NOS ESQUIVEMOS, NUNCA FINJAMOS, NUNCA PERCAMOS DE VISTA AS CONSEQÜÊNCIAS - OU A VERDADE. É MALDITO AQUELE QUE CRÊ NO OUTRO, MAS CONCLUO QUE MAIS MALDITO É O QUE SE SABE ACREDITADO E FALTA COM A LEALDADE. SEJAMOS TODOS FIBRAS, ACONTEÇA O QUE ACONTECER. SEJAMOS UMA VINTE E NOVE POLEGADAS SEM DISTORÇÕES NA IMAGEM, EM CUJO MONITOR ESTAMPE-SE COHEN, 'I AM WHAT I AM'. SEMPRE. ATÉ O DIA EM QUE O INVESTIMENTO VINGAR E POSSAMOS AFIRMÁ-LO NÃO MAIS POR HONESTIDADE, MAS POR ORGULHO. TROQUEMOS A VIRTUDE PELO PECADO CAPITAL.

sabato, agosto 26, 2006

strung up by the wrists

Are you hungry?Are you sick?Are you begging for a break?Are you sweet?Are you fresh?Are you strung up by the wrists?<...>Are you fracturing?Are you torn at the seams?Would you do anything?<...>veins are thin,Our rivers, poisoned... FRANGANDO, SIM. MAS SEM FLECTAR. O 'BREAK' PODE SER UMA TARDE DE SÁBADO, PODE SER A DITOSA MANHÃ DO DOMINGO. CONTANTO QUE SEJA, E LOGO. E HAJA SOL, E A MÚSICA AMBIENTE NÃO PASSE DE UM MIADO NA VOZ DO THOM YORKE. E AS CAMAS SEJAM MAIS QUE POLILINHAS AMARELAS, QUE NA ELEVAÇÃO TORNAM-SE OCAS E DESCONFORTÁVEIS. CLAMANDO POR UM 'EXTRUDE'. ...E EU, POR DÚZIAS DE 'UNDO'. NOSTALGIA É COISA QUE CONSOME MAIS DO QUE O CORAÇÃO, MAS O TEMPO DA GENTE. E DE FORMA DOCE, OU SE CHAMARIA REMORSO. CAMUS: Compreendi, então, que um homem que houvesse vivido um único dia, poderia sem dificuldade passar 100 anos numa prisão. Teria recordações suficientes para não se entediar. NO QUE HAVEMOS DE CONCORDAR. MAS O CURIOSO É QUE O PASSADO É SEMPRE RÓSEO, TUDO O QUE EXPIRA É BONITO DEMAIS. PORQUE A MEMÓRIA DA GENTE TINGE DE OURO VELHO O EMBAÇADO DE OUTRORA. ...E É PRECISAMENTE POR ISSO QUE EU TENHO PRESSA. PARA QUE TUDO SE TRANSFIGURE EM NOSTALGIA.

venerdì, agosto 25, 2006

For better or for worse, your word is like a curse

A PRIMEIRA VEZ QUE OUVI FALAR EM FLEBUS, NÃO HAVIA INTERNET, NÃO HAVIA GOOGLE. FOI O TIO SABINO, FAZENDO POUCO DESSE ESPIRITOZINHO LEVE QUE SEMPRE OFERECE SORVETE E MAÇÃ. TENCIONANDO A PAZ MUNDIAL. SOU COMO O SABINO, ORAS. NÃO EXISTEM MAÇÃS E/OU SORVETES A RAUDALES, OU QUEM OS OFERTE, PARA CLAREAR O DIA. ROUSSEAU FOI QUEM COMETEU O ENORME ABSURDO DE DIZER QUE O HOMEM PRESTAVA. NÃO, NÃO PRESTA. O CONTEXTO É QUE O FAZ DEMONSTRAR O QUE DORMITA - MAS SEMPRE EXISTIU. BEM-AVENTURADOS OS QUE VIVEM EM TAMANHA PAZ QUE NÃO NECESSITAM ESBRAVEJAR - E PRATICAR SEU 'TRUE SELF'. MAS O MÉRITO É TODINHO DA PAZ...

mercoledì, agosto 23, 2006

martedì, agosto 22, 2006

PELA EXPANSÃO DAS FRONTEIRAS...

MINH'ALDEIA, EU A DEIXO EM BREVES INSTANTES, SE ORGULHO FOR ATRIBUTO RECOMPENSADO POR DEUS. MINH'ALDEIA JÁ SE FARTOU DE MIM - E EU DELA. NÃO A PISO MAIS COM A ASSIDUIDADE DE OUTRORA, E CHEGO A PRETERI-LA, QUANDO PERGUNTADA, EM FAVOR DAS PARTES AO NORTE.

E VOU ALÉM. SE MINH'ALDEIA FOREM OS MEUS PERTENCES (LEMBRANDO QUE ROUPAS NÃO SÃO PERTENCES, MAS EXTENSÃO DO TECIDO EPITELIAL), MANTENHO A AFIRMAÇÃO. SIM, ABANDONO A ALDEIA COM UMA RÉSTIA - POTENCIAL ESPETÁCULO PIROTÉCNICO - DE RANCOR E TÉDIO. QUEM É QUE CRESCE, ENGASTADO NA PRÓPRIA ALDEIA? POIS VOU-ME, VOU-ME QUE JÁ ENJOEI DE PENSAR EM MIM MESMA, NESTE ENTORNO. ALHURES, RENDO MAIS.

I feel I am free but I know I am not.

 
Better to be an animal than a man, an insect than an animal, a plant than an insect, and so on. Salvation? Whatever diminishes the kingdom of consciousness and compromises its supremacy. As long as I live I shall not allow myself to forget that I shall die; I am waiting for death so that I can forget about it. CIORAN. QUEM MO APRESENTOU FOI PESSOA DE QUEM EU GOSTO MUITO, E A QUEM ADMIRO PELAS ATITUDES E PENSAMENTO. PESSOA QUE ME FAZ QUERER RABISCAR O 'SINE SPE', VISTO QUE ESPERANÇA HÁ, AINDA, PARA O SER HUMANO. HÁ QUEM NÃO SE IMPORTE JUSTIFICADAMENTE, HÁ ESPÍRITOS A UM SÓ TEMPO INQUIETOS E SERENOS. POIS BEM, VAMOS À LIBERDADE, QUE É ELA QUEM ME ADORNA O TÍTULO DA POSTAGEM. POIS POIS, CIORAN E EU HAVEMOS DE DICORDAR NA PRIMEIRA METADE DA CITAÇÃO. AO CONTRÁRIO DELE, NÃO ME SINTO LIVRE. NÃO SEI O QUE É 'SER LIVRE', E DE 'FREE' EU SÓ POSSUO MESMO UMAS DUAS CAIXAS DE PROTETORES DIÁRIOS DA JOHNSON & JOHNSON - QUE DAS AGRURAS DA VIDA EM NADA ME ESCUDAM, AO CONTRÁRIO DO QUE REZA A EMBALAGEM FLORIDINHA. MAS FAÇO CORO COM O ROMENO (SIM, É ROMENO, DESCOBRI) NA CONSTATAÇÃO FINAL, PORQUE TAMPOUCO EU SEI-ME LIVRE. SOU ACORRENTADA A UM SEM-NÚMERO DE CULPAS E RANCORES E, JÁ QUE NÃO SOU DE TODO MÁ, AMOREZINHOS. CONCORDO COM O HEVERTON QUANDO DIZ QUE LIBERDADE É A GENTE PODER SE DESVENCILHAR DO MUNDO A QUALQUER MOMENTO. POIS SIM. LIBERDADE É NÃO TER ÂNCORAS. SIMPLES ASSIM. ACONTECE QUE, POR VEZES, DESANCORAR-SE DÓI. DESANCORAR-SE, ORAS, É QUEIMAR (OU TOSQUEAR, QUE SINESTESIA E PERSONIFICAÇÃO CO-REINAM , NO MEU CORETO INSÓLITO) A ALDEIA... DESANCORAR-SE É DEIXAR DE PERTENCER, É DESAPEGAR-SE DO QUE NOS TORNA ÚNICOS - E INCONFUNDÍVEIS. MAS LIBERDADE, CONCLUO - COM UMA COBIÇA LOUCA, QUE EU QUERO SER LIVRE E NÃO ME DEIXO -, LIBERDADE É ABRIR MÃO DE SI.

venerdì, agosto 18, 2006

TO MR./MRS./MS. ANONYMOUS

ANTES DE QUALQUER FRASE, REPLICO QUE NÃO TENHO MEDO DO HOMEM NEGRO, NÃO. EU TENHO MEDO É DO HOMEM VAIDOSO.

ENFIM, DIRIJO-ME AGORA, NUMA CORTESIA DE VIZINHA IDOSA, AO ANÔNIMO QUE ME CAUSOU LISONJA. NÃO SEI SE COMPREENDE O QUE LÊ - VISTO QUE ME CUSTA, MESMO A MIM, PASSADOS UNS DIAS, DECIFRAR AS FRASES. É TUDO NÃO PIADA, MAS LAMÚRIA INTERNA. E ARMAZENO OS ACONTECIMENTOS NA MEMÓRIA RAM. ...SALVO OS TROPEÇOS - QUE AOS DE FORA DEVEM PARECER UM BALÉ AFRICANO CONTEMPORÂNEO - E UNS VERSINHOS PEGAJOSOS.

POIS AO ANÔNIMO - QUE É PALAVRA QUE MUITO ME APRAZ, COMO 'MUSEU' E 'AZULEJO' - ENVIO OS TAIS BEIJOS RECUSADOS AOS DOUTOS DOS PARLAMENTOS. AGRADEÇO, CORADA, A SIMPATIA CONFESSA.

giovedì, agosto 17, 2006

DA TERÇA PARDA À QUARTA NEGRA.

CASSIOLA ILUMINOU, NESSA NEGRITUDE ELEGANTE TODA, A MINHA JORNADA DE LAVORO. FOI BELO, ONTEM, TRABALHAR. CONFESSO, OS BRAÇOS PARA TRÁS, À ESPERA DA TORÇÃO IMPLACÁVEL, QUE MEUS SONHOS TÊM SIDO MENOS DOÍDOS. QUE RESGATEI O PRAZER DE ME REERGUER (APÓS AS QUEDAS PELAS ESCADAS, E SALTOS PRESOS NO VÃOZINHO DAS PLACAS DE CERÂMICA, ONDE DEVERIA SOBEJAR REJUNTE), CONTENDO O CHORO.

lunedì, agosto 14, 2006

AMAR É NÃO MORRER?

EU PERDI MEU JEITO DE ESCOLHER TONALIDADES PARA A PAREDE NUA. DEIXEI DE GOSTAR DA PAREDE NUA. EU AGORA QUERO DÚZIAS DE ESPELHINHOS MIÚDOS, QUE É PARA NÃO ME SENTIR MAIS SOZINHA. QUERO LOCOMOVER-ME LONGAMENTE PELA ALAMEDA DE POSTES, A SESSENTA QUILÔMETROS POR HORA - SALVO DIANTE DAS CÂMERAS, QUE EXIGEM A CELERIDADE COM QUE MEUS BOLSOS NÃO ARCAM. NÃO PASSO AGOSTO ESPERANDO SETEMBRO, NEM A QUARTA ESPERANDO A SEXTA-FEIRA. EU PASSO AS HORAS E MONITORO MEUS BOCEJOS. ISSO É AMAR. SE AMAR É NÃO MORRER, EU AMO. EU AMO. EU AMO COM NOJO. EU AMO COM LIVIDEZ. EU SOU O FEIJÃO MERGULHADO NA ÁGUA, SEM PRESPECTIVA. DURANDO. ...OU, PIOR, AMANDO...

HEAVEN AIN'T CLOSE IN A PLACE LIKE THIS

Mulheres com atitude. Homens decididos. Mulheres exuberantes. Homens clássicos ou com uma dose de ousadia. Mulheres com personalidade marcante. Homens de estilo. Mulheres-musas. Homens elegantes. Mulheres que sabem como ninguém exaltar sua sensualidade. ??? MAIS FÁCIL ENCONTRAR UM UNICÓRNIO! A VIDA, NA ANTE-SALA DA PRIMAVERA, NÃO TEM O GOSTO DE SUCRILHOS DE OUTRORA... NO DITOSO 2004, O CALORZINHO DO MEIO-DE-TARDE ERA ENCANTADOR... HOJE, AGUARDAMOS O DIA DO PLEITO. EU, AO MENOS. O DIA DA ALFORRIA, OUTROSSIM. O VAZIO DA NUCA ROGA UM 'SINE FIDE'. O 'SINE RE' É PONTO PACÍFICO, MAS O 'SINE FIDE', ESSE VEM ME CONSUMINDO... FÉ É COISA PELA QUAL SE REZE? NÃO SERIA COMO TENTAR ENTRAR EM CASA, ESTANDO PRESO DO LADO DE FORA, PARA TELEFONAR PARA O CHAVEIRO? NÃO SERIA INSÓLITO ASSIM? MAS PEÇO, SIM, A DEUS, UM GRAMA DE FÉ. HOJE. VOU SOBRESTAR MEU GRITO DE BRING IT ON E TENTAR ESSA ESTRATÉGIA. SÓ HOJE.

domenica, agosto 13, 2006

THIS BETTER GO AS PLANNED.

MEUS PERÍNEOS URBANOS, NO PERÍMETRO RURAL (CIVILIZAÇÃO COMEÇA NA 300 E POUCO SUL, E TERMINA NA 100 E POUCO NORTE. 900 = VELHO OESTE), AÇUCARARAM O RESTO DA SEMANA INSONE. NÃO QUE FOSSE DIFÍCIL METER-LHE GOSTO QUE FOSSE, VISTO QUE O AZEDUME FAZIA TUDO PARECER DESEJÁVEL, MAS É RECONFORTANTE PENSAR QUE ALGO DE MUITO BOM ME ACONTECEU. PONTO. EMPURREI O CAOS PARA UM LADO, SEM MUITO GOSTO, MAS PREMIDA DE NECESSIDADE; E BUSQUEI, ÉBRIA SEI-LÁ-DE-QUE, ENUMERAR OS FATOS, AS TAREFAS, OS PREÇOS. PARA QUE TUDO SAÍSSE LIMITADO PELOS PLANOS. PARA QUE NADA, DORAVANTE, TRANSBORDE, NEM ME FIRA. ESSA MANIA QUE DEUS TEM DE ME FUSTIGAR A CADA INSTANTE JÁ NÃO ME SURPREENDE MAIS. COMO DISSE À MICOLA, MINHA VONTADE É MARCAR COM BRASAS, NA TESTA: 'BRING IT ON'. PERDI, COMO O BANDEIRA, O JEITO DE SOFRER. MAS ISSO NÃO É BOM. É RESISTÊNCIA. DAQUELAS SEM COR NENHUMA, DAS DE QUE NÃO RESULTARÃO, VIRE O MAR SERTÃO, OU SE DESISTA DE CAÇAR AS FOQUINHAS, NAS GELEIRAS, ORGULHO. NÃO, EU NÃO ME REGOZIJO COM A IDÉIA DE QUE SOFRER JÁ NÃO ME FAZ NEM MENEAR A CABEÇA. ISSO ME FARTA AINDA MAIS.

domenica, agosto 06, 2006

THE GIRL I HAD, IN THAT MERRY GREEN LAND...

ERA CHICOLA. DESCULPE-ME POR TRANSMITIR A VOCÊ MINHA SOLITUDINE. VOCÊ FOI MEUS QUINZE SEGUNDOS DE ALEGRIA.

Tutti morimmo a stento.

...QUERO A FORÇA DE TALHÁ-LO, COMO EPITÁFIO. CAVE CANTA COHEN, DESCUBRO. LES PARTISANS! MINHA ALITERAÇÃO FICOU ATÉ SIMPATIQUINHA, TAMANHA A UTILIDADE DA INFORMAÇÃO!..

NÃO É COISA QUE SE DEIXE ENTRAR...

So if you're sitting all alone and hear a-knocking at you door and the air is full of promises, well buddy, you've been warned Far worse to be Love's lover than the lover that Love has scorned RETROCEDENDO UM PEDACINHO: Well I've been bound and gagged and I've been terrorized And I've been castrated and I've been lobotomized But never has my tormenter come in such a cunning disguise I let love in NICOLAU CAVERNA, O FEIO MAIS BELO DESTE MUNDO, APREGOA: AMOR NÃO É COISA QUE SE DEIXE ENTRAR... AMOR É TRAIÇOEIRO E NÃO VALE UMA BRECHA NA SUA PORTA. O QUE VALE UM SOBRADO BEM-CAIADO NO SEU CORAÇÃO É O QUARTO VÉRTICE, RECÉM-NOMEADO, DO MEU POLÍGONO GUTURAL. ...SIM, NICOLAU CAVERNA. SIM, O CARECA SEM-QUEIXO QUE DESFIOU O ROSÁRIO DE HENRY LEE - ESTOCADO THROUGH AND THROUGH PELA AMANTE REJEITADA. UM PACOTE ESBELTO DESSES, LIGEIRMANETE ABAULADO, TRANSBORDANDO DE MÁGOAS E METÁFORAS, UM PACOTE DESSES MERECE ISENÇÃO DE IPTU NAS PROXIMIDADES DO SEU ESTERNO!.. ELE PARA MIM É O FRASQUINHO DAQUELE PERFUME FLOWER by KENZO. LONGO, SEM MUITOS RODEIOS, MAS COM UMA FLORZINHA SANGRADA NO BURACO DO CORAÇÃO... QUEM SOFRE E MUSICA AS DECEPÇÕES MERECE NÃO APENAS O ESTIGMA DE JECA, MAS O DE QUE EU ME ATREVO A CHAMAR DE INFELIZ. E NUM EXCELENTE SENTIDO, PORQUE É SINAL PRIMEIRO DE SENSATEZ, DE RAZOABILIDADE. E DE HONESTIDADE. INFELIZ, SIM, O QUE HÁ DE MAU NISSO? QUEM FOI QUE DETERMINOU QUE OS PLANOS DE DEUS SÃO COBRIR A GENTE DE RESPLANDECENTE FELICIDADE? NÃO, ACREDITO QUE NOSSA INCUMBÊNCIA NO MUNDO SEJA APRENDER, E, NÃO RARO, A DURAS PENAS. ESSA CRETINICE DE FELICIDADE NUNCA FOI IMAGINADA PARA AS ALMAS HUMANAS, NÃO. FELIZ É BICHO, QUE PENSA POUCO - E O FAZ COM O ESTÔMAGO E OS HORMÔNIOS. NÓS SOMOS ALUNOS - SEM LUME. ADEMAIS, CONFESSE AÍ: SOFRER NÃO É BONITO?..

mercoledì, agosto 02, 2006

Some women wait for Jesus, and some women wait for Cain!

MAS ALGUMAS ESPERAMOS APENAS UMA FOLHINHA DE RÚCULA, COMO AQUELA (MAS DE ALFACE) QUE QUASE SALVA A MÃE DE SÃO PEDRO DO INFERNO... AS ASAS QUE DEUS ME DEU, RUFLARAM DE PAR EM PAR. E A VELOCIDADE ERA TAMANHA, QUE DEIXARAM-ME PARA TRÁS. E EU CAÍ.

A vida é o que existe - e não é razoável.

ENCANTADOR. É RAZOÁVEL VIVER EM FAMÍLIA? É RAZOÁVEL GASTAR HORAS EM DEMASIA ALHURES - PORÉM NÃO NO CÉU? POUCO NOS FOI DADO, LOGO, REZA A LÓGICA - DE QUE CARECE A VIDA, MAS QUE SOBEJA A BÍBLIA -, QUASE NADA NOS SERÁ TOMADO. QUASE NADA. NEM O SEGURO OBRIGATÓRIO, AQUILO QUE SE PAGA PARA CONTRIBUIR COM A SOMBRA DA COPA DA MUI FRONDOSA ÁRVORE QUE ALIMENTA A CORJA EM QUEM NÃO SE VOTA. E FALEÇAM AS VÍRGULAS, OUTROSSIM.